Seguidores

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

DESDOMINUS - UNCREATION



                   Um metal extremo brutal, agressivo, técnico e muito, mas muito bom! Não existem outras palavras que possam descrever com melhor precisão a sonoridade da banda DESDOMINUS, de Americana (SP). Praticando um som que vai do Death ao Black com grande desenvoltura, mas sem se prender a estes estilos, o grupo nos entrega em UNCREATION um dos melhores álbuns do ano que se passou. Com grande versatilidade e excelentes composições, o grupo mostra que a experiência adquirida nestes 22 anos (23 agora em 2016), fazem a diferença, seja ao trazer influências variadas ao seu som, seja na qualidade e precisão com que as executa.

                   A banda é compota por Paulo Bruno (vocal e guitarra), Wilian Gonsalves (vocais limpos e guitarra), Rafael Faria (baixo) e Ney Paulino (bateria). O trabalho apresenta uma banda extremamente entrosada e coesa, com guitarras que conseguem soar agressivas e por vezes melódicas sem perder sua essência. Os vocais rasgados se encaixam perfeitamente, deixando a veia black metal do grupo mais evidente. Já o trabalho da cozinha é sensacional, pois o peso que baixo e bateria proporcionam, dão a sustentação perfeita aos arranjos de cada faixa. O álbum foi produzido por Ricardo Biancarelli e pela própria banda. Já a gravação, mixagem e masterização ficou por conta unicamente de Ricardo e foram feitos no Estúdio FUZZA, entre Junho e Agosto de 2015. E a bela capa é obra de Rafael Tavares.

                  Certo e Convicto inicia o álbum de forma estupenda. Bastante agressiva e única faixa cantada em português, traz uma letra forte. "O pecado é fruto da sua ignorância" reflete de forma consciente muito do momento que vivemos. Guitarras pesadas e afiadas e uma base forte de baixo e bateria mostram logo de cara que o grupo não está pra brincadeira. Erase The God Within traz as guitarras é frente, dando a dose de brutalidade que a música demanda. Com variações no andamento, as melodias se fundem á agressividade do grupo de forma coesa. A faixa título, Uncreation, vem na seqüência e mantém a dose de peso elevada. Os vocais de Paulo Bruno aqui, ganham mais volume, enquanto os riffs da dupla composta pelo próprio Paulo e por Wilian soam diretos e violentos. E que belo solo! Sacred Scrolls of Holy Lies inicia de forma mais amena, suave. Mas em seguida ganha corpo com o andamento mais cadenciado. Uma faixa bem variada que mostra a capacidade do grupo em relação ás composições. Cathedra tem uma levada thrash, tanto nas guitarras como no baixo e bateria. E as guitarras... Novamente, a dupla mostra competência de sobra!

                  A instrumental Instrospection, traz arranjos simples e serve como uma espécie de introdução para a longa e trabalhada Inner Elevation. Agressiva, ríspida e brutal, a faixa traz variações muito interessantes e apesar de longa, não soa em nenhum momento cansativa, tamanha a criatividade da banda em seus arranjos. Sem dúvida, um dos destaques do trabalho. Waves Collide é mais cadenciada e tem bons riffs. E nesse tipo de faixa, podemos perceber o bom entrosamento da dupla Rafael e Ney, que carregam a mão. Beyond The Allowed traz um inicio com guitarras que remetem ao metal tradicional, que logo são "encorpadas" pelo peso da cozinha. Mais riffs que despejam a adrenalina que a faixa pede. E o encerramento do cd se dá com Sublimation. Uma faixa instrumental, digamos, limpa e introspectiva que fecha  aula de pancadaria de forma amena.

                UNCREATION é, sem nenhuma dúvida, um trabalho sensacional. Não fica devendo nada á trabalhos de bandas internacionais que acabam ganhando "os louros da fama" apenas por serem de fora. Um trabalho como esse do DESDOMINUS, com toda a certeza, lá fora será cultuado. Como sempre, nossas bandas passam dificuldade por aqui, enquanto lá fora, acabam por se destacar. Tá na hora desse placar virar, não é mesmo???



Sergiomar Menezes






Nenhum comentário:

Postar um comentário