Seguidores

quarta-feira, 20 de julho de 2016

KING BIRD - GOT NEWZ




                   Um Hard Rock cheio de peso, melodia e com muita classe. Bebendo direto na fonte dos anos 70 mas com uma roupagem bem atual. Dessa forma, o KING BIRD chega ao seu terceiro trabalho, o excelente GOT NEWZ. Na ativa desde 2002, o grupo já lançou dois álbuns ( Jaywalker - 2005 e Sunshine - 2008, além de dois EPs, The Gods Train - 2002 e Beyond the Rainbow - 2012), sempre explorando o que de melhor o clássico hard rock pode nos oferecer. após a saída do vocalista João Luiz, o grupo ficou um bom tempo sem gravar. Mas a espera valeu a pena. E muito! Got Newz talvez seja o melhor trabalho do grupo. Maduro e repleto de grandes composições, o álbum já pode ser considerado, um dos grandes discos deste ano. E vejam bem, a "concorrência" é grande...

                   O grupo formado por Ton Cremon (vocal), Silvio Lopes (guitarra), Fabio Cesar (baixo) e Marcelo Ladwig (bateria) traz neste trabalho, onze musicas onde o bom gosto e técnica dos músicos ficam evidentes.A produção ficou sob a responsabilidade de Henrique Baboom, que soube deixar os instrumentos nítidos, com uma timbragem adequada, mas sem fugir daquela atmosfera do Classic Rock 70's. As influências do grupo sempre foram bandas desta década, mas em nenhum momento a sonoridade da banda soa datada. Muito pelo contrário. Com uma pegada bem atual, isso acaba diferenciando o grupo neste disputado mercado. A capa do cd criada por Emerson Russo, ficou muito legal, pois informa que "tem novidade", trazendo uma foto do grupo em destaque.

                  O álbum abre com Immortal Rider. E de cara já percebemos que a entrada de Ton Cremon foi acertada, pois o vocalista esbanja técnica e muito feeling em sua interpretação. Silvio Lopes manda ver em riffs muito bem construídos, enquanto a cozinha composta por Fabio Cesar e Marcelo Ladwig capricham em bases pesadas e certeiras. E os backing vocals ficaram muito bem encaixados. Música perfeita para a abertura do álbum. Uma levada mais cadenciada e mais atual é o que temos em Break Away. Pesada e intensa, a música mostra uma bela variação na linha de composição da banda. E mais uma vez, o vocalista se destaca, pois sua voz atinge tons mais altos. E que belo solo! Years Gone By é uma daquelas típicas baladas que começam de forma amena, mas que ganham intensidade durante sua execução. Com um refrão cheio de melodia, a guitarra mostra que nem só de peso vive uma banda de hard rock. Back in Time tem uma roupagem mais anos 90, mas sem perder a identidade do grupo. Baixo/bateria pesados e marcados, além de riffs mais diretos e mais uma grande interpretação de Ton Cremon. Então temos aquele Rock n' Roll vigoroso e cheio de malícia em Gonna Rock You. Com destaque para o baixo, a composição prima pela melodia, enquanto os riffs de Silvio esbanjam categoria.

                  Freeze Frame My Life é uma balada que nos remete ao bom e velho blues. Um belo arranjo e mais um excelente solo. Daquelas de acender o isqueiro nos shows... (sim, sou dessa saudosa época...). Daybreak começa com aquele baixo pesado, enquanto a guitarra chega com riffs fortes. Com um dos melhores refrãos do álbum, a faixa gruda na mente. Isso prova que o grupo não se acomoda, criando linhas que apesar de técnicas, são de fácil assimilação. The Road You Ride tem guitarras fortes, enquanto o vocalista tem mais uma grande interpretação. E aqui, fica uma constatação. Por vezes, troca de integrantes em uma banda, podem causar mudanças, sejam elas boas ou más. Se esse integrante for o vocalista, sempre há esse receio. Mas o King Bird foi muito feliz nesta troca. Não que João Luiz ficasse aquém do esperado, mas Ton Cremon acaba explorando novos horizontes e com isso a banda ganha mais possibilidades. Doomsday é a faixa mais "metal" do cd, com uma levada pesada e cadenciada, a faixa ainda explora um pouco do hard rock dos anos 80. Em Smoke Signals, Marcelo Ladwig explora inhas mais variadas na bateria, enquanto a melodia traz uma atmosfera mais clássica. E o encerramento vem com Last Page, onde a banda mostra toda sua versatilidade. Uma faixa com variações, numa linha mais "natural", onde o vocal varia os tons de forma eficiente, buscando linhas mais altas.

                 Com o lançamento de GOT NEWZ, o grupo mostra que é um dos melhores do cenário nacional. Criatividade, técnica e qualidade em composições cheias de feeling. E é como a própria banda diz: " ...fique á vontade, aumente o volume de GOT NEWZ e tome uma gelada com o KING BIRD."




                Sergiomar Menezes
         
                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário