Seguidores

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

VORGOK - ASSORTED EVILS (2016)



                      Uma tijolada. Um soco na boca do estômago. Não interessa a descrição que se possa dar. O que importa é que ASSORTED EVILS, álbum de estréia da banda VORGOK, do Rio de Janeiro, é uma aula de violência e pancadaria sonora! Impressionante a capacidade do grupo em criar riffs insanos e pesados, além de extremamente agressivos! Calcado no thrash metal dos anos 80, fortemente influenciado pelo Slayer, o grupo estréia em grande estilo, trazendo aqui, dez faixas onde fica explícita a garra e conhecimento de causa do grupo. Prepare o "Gelol", pois seu pescoço será testado de forma brutal durante a audição deste cd...

                        O grupo foi formado em 2014 por Edu Lopez (vocal e guitarra, ex- Explicit AHte, ex- Necromancer) e João Wilson (baixo), que foram os responsáveis pela gravação do cd. Hoje, integram também o grupo Bruno Tavares (guitarra, Demolishment) e Jean Falcão (session drummer, Dark Tower). A bateria, no álbum, foi programada por Celo Oliveira, que também produziu, mixou e masterizou o trabalho, no Kolera Home Studio, no Rio de Janeiro. Segundo o próprio grupo, a intenção da banda é fazer um thrash metal bruto, porém bem trabalhado e variado. E com toda a certeza, o objetivo foi alcançado. É difícil aqui destacar uma ou outra faixa, pois todas mantém um padrão de alto nível, principalmente no que diz respeito às guitarras. Riffs sujos, porém bem trabalhados e executados, formam uma parede sonora que deixa tudo denso e brutal.

                       Desde a abertura com Deception in Disguise, que após uma pequena introdução, apresenta velocidade, peso e agressividade em doses "generosas", que ficam ainda mais brutais com o vocal de Edu, que tem no mestre Tom Araya forte inspiração, passando por Hunger, outra faixa rápida e mortal, pela variada e bem trabalhada Kill Them Dead que abusa do peso e que ao vivo deve ficar sensacional, pelos vocais insanos de Last Nail In Our Coffin, que também tem na velocidade e na rispidez dos riffs grande destaque, pelo peso e velocidade moderada de Antagonistic Hostility, ainda pelo andamento cadenciado, mas carregado de peso e com um vocal mais na linha gutural de Hell's Portrait, que ainda ganha velocidade no decorrer de sua execução, pela direta e "old school" Headless Children, pela versatilidade apresentada em Man Wolf To Man, pela instrumental acústica (!?) Drowning e até o encerramento com Mass Funeral At the Sea, temos uma banda que deve ser conhecida por todo headbanger que se preze. É música pesada e brutal de extrema qualidade e feita com aquela garra e paixão que só quem tem o metal no sangue sabe e pode fazer.

                          ASSORTED EVILS é uma estréia em grande estilo protagonizada pelo VORGOK. Thrash Metal feito pra quem aprecia o lado mais  brutal e pesado do estilo. Buscando inspiração no passado, mas sem se prender a ele, o grupo lançou um trabalho digno de figurar entre os melhores do ano. E infelizmente, não entrou na minha lista pois chegou depois que ela estava pronta e publicada. Se bem que... Escolhi 15. Mas considere que depois de ouvir o cd, a lista consta com 16...






                   Sergiomar Menezes
              

Nenhum comentário:

Postar um comentário