Seguidores

sábado, 8 de julho de 2017

CHICKENFOOT - BEST + LIVE (2017)



                 Formado em 2008, o CHICKENFOOT é, literalmente, aquilo que convencionou-se chamar de "supergrupo". Artistas mais que renomados, com sucesso em suas respectivas carreiras, mas que, de certa forma, precisavam se reinventar. Seja por que seu trabalho atual esteja ficando cada vez mais graça, seja porque estavam "desempregados". Assim, essa junção de forças criada a partir de jams que aconteciam regularmente no Cabo Wabo, no México (de propriedade do vocalista Sammy Hagar), já lançou dois bons álbuns de estúdio e dois ao vivo, além de um DVD. Aqui, como o próprio nome entrega, BEST + LIVE, traz dois cds, sendo que o primeiro apresenta uma coletânea com o "best", além de uma faixa inédita  e mais três covers ao vivo (como bônus), e o segundo, traz  11 faixas ao vivo, sendo que algumas aparecem pela primeira vez nesse formato. E cabe ressaltar que o trabalho está sendo lançado por aqui pela Shinigami Records.

                      Sammy Hagar (vocal), Joe Satriani (guitarra), Michael Anthony (baixo) e Chad Smith (bateria) fazem um som extremamente cativante. Trazendo um pouco do que cada músico fez (ou ainda faz) em suas carreiras, o grupo dosa de forma eficiente o hard, o groove e, em alguns momentos, o peso. E tudo funciona muito bem. Afinal, estamos falando de "putas velhas", que sabem exatamente o que querem e como chegar lá. Se Satriani aqui acaba "jogando" mais para o time, Michael Anthony e Chad Smith mostram que formam uma das cozinhas mais consistentes da atualidade. E fica cada vez mais comprovado que a atual fase modorrenta e sem graça do Chili Peppers não tem absolutamente nada  a ver com o baterista. No Cd dedicado ao BEST, temos 14 faixas, extraídas dos dois álbuns da banda (Chickenfoot - 2009 e III - 2011), sendo que as três faixas ao vivo, foram retiradas do DVD/Blu Ray Get You Buzz On (2010). Já o CD dedicado ao LIVE foi gravado no Dodge Theater, em Phoenix, Arizona (EUA). 

                       O CD "BEST" abre com a faixa inédita Divine Termination. Com a cara da banda, a faixa apresenta uma boa dose de groove, cortesia de Chad Smith. Hagar continua um vocalista excepcional, que consegue dosar técnica e emoção de forma sublime. Satriani, um pouco mais cometido, mostra que ser guitarrista não significa fritar suas cordas de qualquer jeito, emprestando toda sua habilidade em favor da musicalidade do grupo. Dentre as demais faixas que merecem destaque temos Soap On a Rope, Sexy little Thing, Oh Yeah, Get it Up e Future in the Past (todas do primeiro álbum) e Big Foot, Different Devil, Lighten Up, Dubai Blues e Something Going Wrong ( do segundo trabalho). Como bônus temos Highway Star (Deep Purple), Bad Motor Scooter (Montrose) e My Generation (The Who), todas ao vivo.

                         Já o CD "LIVE" traz a performance do grupo extraída do DVD lançado em 2010. Faixas excelentes como Avenida Revolution, My Kinda Girl, Down The Drain, Bitten By The Wolf e Turning Left se juntam as demais faixas lançadas no primeiro álbum e mostram toda a técnica e entrosamento do grupo em cima do palco. Mesmo que o grupo tenha apenas dois álbuns de estúdio e dois trabalhos ao vivo, esse BEST + LIVE se mostra essencial para quem ainda não conhece o trabalho técnico e cheio de "malícia" da banda.

                           Prestes a completar uma década de atividades, o CHICKENFOOT vem provando ao longo desse tempo que não se trata apenas de um projeto paralelo de excelentes músicos. O grupo é sim, uma realidade e mostra mais consistência do que alguns deles vem fazendo em seus grupos ou trabalhos principais. BEST + LIVE vale, até mesmo, como porta de entrada para quem ainda não conhece a banda. Mas o trabalho é muito mais do que isso. É o registro de um grupo que , acima de tudo, se diverte  e respeita os fãs como poucos. Recomendado aos amantes da boa música!




                         Sergiomar Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário