Seguidores

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

SKELETOON - THE CURSE OF THE AVENGER



               Uma banda tributo ao Helloween (fase Michael Kiske). Assim surgiu o SkeleToon, sob o comando do vocalista italiano Tomi Fooler. Anteriormente chamado "Jack o' Lantern", o grupo fez diversos shows pelo país e teve durante esse período, várias mudanças de formação. Tendo tocado com vários músicos de renome, Tomi decidiu fazer sua própria música, mas manteve aquela idéia de continuar tendo a clássica banda alemã como principal fonte de inspiração. Assim, THE CURSE OF THE AVENGER surgiu em 2015, sendo lançado agora, em fevereiro de 2016, via Revalve Records.

               Trazendo uma mistura entre o Power Metal alemão "clássico", e as melodias e bom humor da fase Kiske do Helloween, o grupo aposta em músicas rápidas e melódicas e um vocal com linhas que, se não trazem nada de novo, não comprometem. Além de Tomi Fooler (vocal), o trabalho contou com Roland Grapow (ex-Helloween, Masterplan - guitarra solo), Dimitri Meloni (Ensight - guitarra base e solo), Charlie Dho (The Fallen Angel - baixo) e Henry Sidoti (bateria). A produção, mixagem e masterização ficaram com Dennis Ward (Unisonic, Pink Cream 69), o que já por si, é garantia de qualidade. Com letras bem humoradas, baseadas no dia a dia de um garoto "nerd", em filmes de super heróis, seriados de TV (Doctor Who), e até mesmo clássicos do video game dos anos 80 ( a faixa título é dedicada ao jogo The Curse of The Monkey Island), o grupo mostra que é mais uma boa opção no quase saturado cenário do metal melódico.

             Após uma breve Intro, Timelord vem com as características que agradam em cheio aos fãs do estilo. Vocal melódico, guitarras fortes e um belo trabalho de baixo e bateria. Impossível não lembrar da outra banda de Roland Grapow aqui. As linhas de guitarra nos remetem ao primeiro trabalho do Masterplan, mas com uma pegada mais rápida e não tão clássica. What I Want vem na seqüência e nos mostra uma boa composição, principalmente no que diz respeito aos vocais. Algumas bandas, ou ate mesmo, alguns vocalistas cometem o pecado de exagerar em suas performances e colocam de lado o andamento da música. Felizmente, isso não acontece como o SkeleToon. Tomi Fooler sabe de sua capacidade e a usa de forma correta. Belas melodias na guitarra e um solo inspirado completam a faixa. Em Heroes Don't Complain temos as guitarras mais á frente, onde os agudos de Tomi mostram boa variação, alternando momentos mais simples. Dosando de forma correta a velocidade, podemos perceber que a dupla Charlie e Henry (baixo e bateria), são ótimos tecnicamente. Hymn To The Moon é uma bela balada, com uma suave melodia. Acústica, a faixa quebra o ritmo, que vinha intenso, e nos apresenta um lado mais "sério" do grupo.

              The Curse of The Avenger nos traz de volta o power metal alemão em seu melhor. Boas guitarras, pesadas e com riffs diretos, vocais bem arranjados (gostaria muito de assistir essa faixa ao vivo), fazem da música um dos destaques do trabalho. Além de contar com um belo refrão (daqueles pra cantar junto nos shows), e um solo que busca o meio termo entre a melodia e a agressividade (com relação ao estilo). Em seguida Bad Lover, tem um início mais suave, mas que ganha um ritmo mais cadenciado e pesado, transformando-se em uma "power ballad". E aqui podemos constatar a capacidade criativa do grupo, pois mesmo tendo como referência o metal melódico, consegue criar músicas que fogem ao lado mais clichê do estilo. Joker's Turn inicia num ritmo forte de baixo e bateria com as guitarras entrando pesadas logo em seguida. Mais cadenciada, a faixa tem um pouco do que o Gamma Ray costuma fazer. Nada de errado, afinal, Kai Hansen também fez parte da história do Helloween, e por conseqüência, também influencia o trabalho do SkeleToon. O álbum se encerra com a mais "happy happy Heloween" de todas. Heavy Metal Dreamers nos lembra os bons tempos da fase Kiske. Veloz, guitarras fortes e vocais agudos, como toda boa composição do estilo precisa ser.

             THE CURSE OF THE AVENGER é apenas o trabalho de estréia dos italianos do SKELETOON. Mas a julgar pelo capricho e qualidade nas composições, muito mais vem por aí. Uma nova e boa opção para fãs de Heloween, Gamma Ray, Edguy e bandas do estilo. Uma banda que deverá figurar entre os bons nomes do power metal europeu.



   Sergiomar Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário